bona fide

(redirected from bona fides)
Also found in: Dictionary, Thesaurus, Legal, Financial.

bona fide

Latin for ‘in good faith’. Genuine, authentic. Pronunciation varies between UK and US Medspeak.

Medspeak-UK: pronounced, boh nuh FEE day.

Medspeak-US: pronounced, boh nuh FIE’d.

bona fide

(bō′nă, bŏ′nă, fīd, fīd′ē, fē′dā) [L.]
Carried out in good faith; honest, without fraud or deception.
References in periodicals archive ?
Mas tambem estes dois celebres fragmentos nao expressam senao hipoteses em que o pressuposto da bona fides nao e o erro, mas o comportamento exterior leal do possuidor.
Ali onde nao ha uma lesao real, nao se ve nem a etica nem a psicologia: se nao se considera a ma fe de pura imaginacao e por que a bona fides deve substituir elementos ausentes na iusta causa(18).
Mas a bona fides e definida ou explicada infinitas vezes como ignorancia ou erro
A imoralidade e insita ao conceito generico da bona fides, cujo conteudo especifico na usucapiao normalmente e o erro; e onde ha mais firme crenca, erro menos evitavel, la tambem esta maior moralidade e maior honestidade.
Bruns deseja valer-se, para reforcar sua afirmacao, tambem da bona fides contratual e traz uma serie de textos a demonstrar que a bona fides e o contraponto natural do dolus.
Por fim, contra a opiniao de Bruns estao tambem os textos que examinaremos mais abaixo, em que a bona fides e reconhecida, apesar de que se incorra em erros bastante inescusaveis, e ate mesmo no erro inescusavel tipico, o erro de direito.
De todo modo, pesado ou leve que seja o peso a suportar, a lei o impos ao magistrado, assumindo a bona fides no direito, e ninguem o pode retirar.
E o que ocorrera com a bona fides (e inclusive quando for o grau mais alto e refinado de boa fe, o sentimento mais firme acerca do proprio direito) quando ela tenha por base um erro inescusavel, um erro de direito, por exemplo?
28) E, finalmente, tambem ele, como Wachter, declara que a bona fides e um fato a cuja existencia a escusabilidade ou inescusabilidade do erro e indiferente, precisamente porque se trata de erro improprio.
Um raciocinio como aquele de Wachter--'deve-se reconhecer, pois, que ele queria coisa conforme a justica, que ele acreditava estar em seu direito, que, pois, existe o fato da bona fides,'--e uma mera petitio principii, a qual pressupoe como estabelecido o conceito na bona fides que esta para ser demonstrada".
Para ter um sentido, aquelas estranhas palavras deveriam ser compreendidas como "deduzir dos conceitos relativos ao erro, da doutrina do erro, em uma palavra, a aplicacao que a bona fides devem ter os principios sobre a escusabilidade ou inescusabilidade daquele".
Ora, tentei demonstrar em geral que o direito romano nao fez outra coisa senao assumir a bona fides etica e social, sem alterar-lhe propriamente o carater e os pressupostos; e confirmei esta tese em cada uma das questoes positivas anteriormente tratadas.