chibata

chibata

arrabideabilabiata.
References in periodicals archive ?
Que santuario de beleza Revivendo tracos da historia Estao vivos na memoria Chica da Silva e Chico Rei Sarava os deuses da Bahia Nesse quilombo rem magia Xango e nossopai, e nosso rei O Zazie, O Zazia O Zazie, Maiongole, Marangola O Zazie, O Zazia Salgueiro e Maiongole, Marangola Vai, meu samba vai Leva a dor traz alegria Eu sou negro sim, liberdade e poesia Ena atual sociedade, lutamos pela igualdade Sem preconceitos sociais Linda Anastacia sem mordaca O novo simbolo da massa A beleza negra me seduz Viemos sem revolta e sem chibata Dar um basta nessa farsa E festa, e Carnaval, eu sou feliz E baianas, O jongo e o caxambu vamos rodar Salgueirar vem de crianca O centenario nao se apagara [Free, echoes the cry of this race And brings in the Letter The ardent flame of the abolition Oh
Quanto a este efeito, nao resta duvida: em oposicao ao otimismo da belle-epoque carioca, vazado na ideia de a literatura ser 'o sorriso da sociedade', a poesia de Augusto dos Anjos representa a melancolia nao tanto subjetiva como era de esperar desse titulo ousado e enigmatico de sua obra, mas a que resulta do cara-a-cara com as tragedias historicas brasileiras de passado recente (escravidao negra, exterminio dos povos indigenas) ou coevas (por exemplo, a Revolta da Chibata, levante dos marinheiros, em sua maioria afro-brasileiros, no Rio de Janeiro, contra a pratica de castigos corporais ainda vigentes na Marinha brasileira, em 1910, cujas batalhas e repressao foram testemunhadas pelo poeta, entao recem-chegado a Capital Federal).
Ou ao desterro dos marinheiros, prostitutas e mendigos deportados para Santo Antonio, no rio Madeira, fronteira noroeste do Brasil, apos a repressao da Revolta da Chibata.
83) Similar deportations followed the Canudos Rebellion (1896-97), the Chibata Revolt (1910), and the Tenente Revolts (1922; 1924-27).
He argues that they tended to deport known criminals with little regard for the extent of their involvement in the revolt, Os bestializados: Rio de Janeiro e a republica que nao foi (Sao Paulo, 1991), 113-26; On the Chibata Revolt see Edgar Morel, A Revolta da Chibata, 4th ed.
Ichiro Chibata, President and Chief Executive Officer of Tanabe Seiyaku Co.
Quando era para punir um, ele mandava dois negros surrar com uma chibata que tinha na ponta um osso de bode.
On 22 November 1910, a black corporal, Joao Candido, led a group of soldiers in a revolt against corporal punishment in the historic episode known as the Revolta da Chibata.
A few days later, in the capital, the traveller's brief account of his tour of the museum begins with the words 'Ca esta a coleira' and he goes on to comment with some passion: 'Esta coleira, e mesmo uma coleira, repare-se bem, andou no pescoco dum homem, chupou-lhe o suor, e talvez algum sangue, de chibata que devia ir ao lombo e errou o caminho.